Chamada v. 22, n. 41 (2020): Revista Brasileira de Literatura Comparada

Como parte de um processo em curso de aproximação acadêmica e cultural entre o Brasil e a China, o periódico Foreign Languages and Cultures, publicado pela Hunan Normal University, na China, e considerado “O mais popular periódico acadêmico da China” no campo dos estudos de linguagem em 2018, pelo Centro Nacional de Documentação de Filosofia e Ciências Sociais da China, publicou em chinês um dossiê sobre literatura e cultura brasileira. Dando sequência a este projeto de aproximação e compreensão intercultural entre Brasil e China, o número 41 da Revista Brasileira de Literatura Comparada estará recebendo, até o dia 30 de junho, submissões EM INGLÊS, sobre: comparatismo e relações interculturais Brasil-China; aspectos introdutórios da cultura brasileira para um público chinês e asiático (história e políticas literárias, culturais e linguísticas);  aspectos introdutórios da cultura chinesa para um público brasileiro (história e políticas literárias, culturais e linguísticas).

 

As part of an ongoing process of strengthening cultural and academic ties between Brazil and China, the Foreign Languages and Cultures journal, published by Hunan Normal University, in China, and considered “The most popular academic journal in China” in the field of language studies in 2018, by the National Documentation Center for Philosophy and Social Sciences of China, published in Mandarin a dossier on Brazilian literature and culture. Continuing this project of strengthening academic ties and cross-cultural understanding between Brazil and China, issue 41 of the Revista Brasileira de Literatura Comparada will be receiving, until June 30, submissions IN ENGLISH, on: comparativism and intercultural relations between Brazil and China; introductory aspects of Brazilian culture for a Chinese and Asian audience (history, literary, cultural and linguistic policies); introductory aspects of Chinese culture for a Brazilian and Lusophone audience (history and literary, cultural and linguistic policies).

  

Prof. Dr. João Cezar de Castro Rocha Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Prof. Dr. Jiang Hongxin Hunan Normal University

Prof. Dr. Zeng Yanyu Hunan Normal University

Prof. Dr. Ren Haiyan Hunan Normal University