Literatura, Arte e Mercado: Sucesso no Fracasso?

Lucia Helena

Resumo


O artigo trata das interrelações entre a obra Diário de um ano ruim (2007), de J. M.Coetzee, o romance Diário da queda, de Michel Laub e as artes do espaço, com suas instalações, tais como apresentadas nas Documenta de Kassel. Investiga o que há em comum entre esses três atos de linguagem e conclui - após breve apresentação da historicidade da Documenta e de um breve comentário das duas obras literárias abordadas- que elas representam, no panorama da atualidade global, uma intervenção estética de alta qualidade técnica e ética, uma vez que todas elas discutem e promovem a busca da liberdade e da democracia em um momento histórico marcado pelo recrudescimento do fundamentalismo e do terrorismo.

Palavras-chave


J. M. coetzee; Diário de um ano ruim; Michel Laub; Diário da queda; Documenta; liberdade; intervenção; ética; estética

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Brasileira de Literatura Comparada, ISSN 0103-6963

Licença Creative Commons
Esta revista utiliza uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.