DAS INTENÇÕES GENIAIS AOS CONTEXTOS LITERÁRIOS REAIS: UM BREVE PERCURSO DAS NOÇÕES DE AUTORIA E RECEPÇÃO

Roberto Mibielli

Resumo


Este artigo trata das categorias de “gênio” e “intenção” relacionadas à história das práticas literárias no Ocidente. Começando com uma crônica de Nelson Rodrugues sobre a noção de gênio no futebol, suas falhas, erros e malentendidos geniais, questionaremos a possibilidade da intencionalidade autoral ser considerada hoje como um dos elementos básicos da investigação literária, usando conceitos referentes a autoria e recepção nos estudos literários.

Texto completo:

PDF
99 visualizações.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



APOIO:


A Revista Brasileira de Literatura Comparada está indexada nas seguintes bases:


Rev. Bra. Lit. Comp. Niterói, v.22, n.39, jan. / abr. 2020

Revista Brasileira de Literatura Comparada, ISSN 0103-6963, ISSN 2596-304X (on line)

Licença Creative Commons
Esta revista utiliza uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional (CC BY 4.0).

Wildcard SSL Certificates