CHARLES MORAZÉ E O CARÁTER FANTÁSTICO DO BRASIL

Rogério Da Silva Lima, Wilton Barroso Filho

Resumo


Neste trabalho trataremos sobre o período vivido pelo historiador francês Charles Morazé no Brasil (1949 – 1951) para trabalhar na Universidade de São Paulo, onde ocupou a cadeira de Política. Autor de « Les trois âges du Brésil: essai de politique », publicado em 1954, na França, e jamais editado em língua portuguesa, Morazé escreveu esta obra para compreender o Brasil da era Vargas (1930 – 1945) que conheceu por intermédio da literatura brasileira e  da Constituição brasileira da época de sua passagem pela USP. Para entender o Brasil Morazé procurou conhecer as suas leis e suas práticas políticas, imagens inesperadas, deformadas, exageradas, os projetos importados da Europa. No seu ensaio, Morazé tinha também o objetivo de explicar o Brasil na Europa e particularmente aos franceses.


Palavras-chave


Brasil, Charles Morazé, Cultura Brasileira

Texto completo:

PDF HTML

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



A Revista Brasileira de Literatura Comparada está indexada nas seguintes bases:


Revista Brasileira de Literatura Comparada, ISSN 0103-6963, ISSN 2596-304X (on line)

Licença Creative Commons
Esta revista utiliza uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.