PÁGINAS DE RECORDAÇÕES: RETRATO DE UM BRASIL DO SÉCULO XX

Monica Chagas da Costa

Resumo


A presente resenha apresenta uma leitura das memórias de Floriza Barboza Ferraz, nascida no século XIX no interior de São Paulo. A narrativa da própria vida permite à autora ressaltar alguns aspectos da vida de uma esposa e filha de fazendeiros do café. Dois dos elementos mais salientes de sua história como é contada nas Páginas são sua relação com os trabalhadores – escravizados no período de sua infância, ou assalariados e majoritariamente imigrantes em sua época de casada – e sua visão sobre a maternidade e suas dificuldades durante as primeiras décadas do século XX.

Palavras-chave


Memórias; Escrita autobiográfica; Floriza Barboza Ferraz.

Texto completo:

PDF
30 visualizações.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



APOIO:


A Revista Brasileira de Literatura Comparada está indexada nas seguintes bases:


Rev. Bra. Lit. Comp. Niterói, v.22, n.39, jan. / abr. 2020

Revista Brasileira de Literatura Comparada, ISSN 0103-6963, ISSN 2596-304X (on line)

Licença Creative Commons
Esta revista utiliza uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional (CC BY 4.0).

Wildcard SSL Certificates