A POESIA DIGITAL EM ARQUIVOS ONLINE LATINO-AMERICANOS: CONVERGÊNCIAS E DIVERGÊNCIAS

Vinícius Carvalho Pereira

Resumo


Em consequência da crescente institucionalização da literatura digital, observamos a maturação desse sistema literário em diversas frentes, entre as quais destacamos o desenvolvimento de arquivos online para obras artísticas de tal cariz. Na constituição de repositórios e antologias exclusivamente voltados à literatura digital, repetem-se algumas das aporias presentes nas discussões de arquivos literários e artísticos em geral, mas a elas se acrescentam os desafios de categorizar obras de um campo em constante transformação, seja pelo incessante desenvolvimento de novas tecnologias, seja pela experimentação frequente com gêneros e formas literárias emergentes em contextos computacionais. Diante dessas questões, o presente artigo tem por objetivo discutir as soluções implementadas em três diferentes arquivos literários digitais latino-americanos (a Antología LitELat – v.1., a Cartografía de la Literatura Digital Latinoamericana e o Atlas da Literatura Digital Brasileira) para inclusão e categorização de obras identificadas como poesia digital, ou termos análogos. Para tanto, analisaremos a arquitetura geral de tais arquivos e suas taxonomias subjacentes, atentando sobretudo para os metadados dos textos poéticos arquivados e os modos como estes se relacionam entre si e com suas respectivas obras para delinear possíveis entendimentos do que seja a poesia digital.


Palavras-chave


poesia digital; arquivos online; taxonomias; metadados; gêneros

Texto completo:

PDF
32 visualizações.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



APOIO:


A Revista Brasileira de Literatura Comparada está indexada nas seguintes bases:


Revista Brasileira de Literatura Comparada, ISSN 0103-6963, ISSN 2596-304X (on line)

Licença Creative Commons
Esta revista utiliza uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional (CC BY 4.0).

Wildcard SSL Certificates